ATENÇÃO: Este Blog tem conteúdo adulto, cenas de sexo e imagens proibidas para menores de 18 anos. Caso você não tenha 18 anos completo ou se ofenda com material pornográfico não continue a navegção. Clique aqui

sábado, 22 de junho de 2013

Capa JUNHO- 2013

1- CORNITUDE REAL. Quem é, quem não é?

Amigos Cornos e Comedores.

Vamos tratar de um assunto muito delicado.
Certamente, um dos motivos que impede muitos homens de realizar suas fantasias. Estou falando na Arte de assumir a Cornitude, ou seja, a arte de assumir que sente tesão em ver sua mulher transar com outro (s).


Antes de ser direto e objetivo, quero deixar claro que respeito a opção, raça, e sexualidade de TODAS as pessoas. Lésbicas, Gays, Transexuais, heteros, cornos, comedores etc. Respeito é bom , eu gosto, ofereço e por isso exijo.

Bem vamos ao tema sem mais delongas.

NEM TUDO QUE USA CHIFRE GOSTA DE DAR A BUNDA. CORNO É CORNO, OUTRAS PRÁTICAS É OUTRA COISA.

A forma bombástica que iniciei já diz tudo, mas para não deixar má impressão vamos socializar.
Sou corno manso assumido, gosto de ser, entendo da arte, estou nela a mais de 20 anos e por isso, vou dizer: Sou Doutor da Arte.
Afirmo que, um número gigantesco de homens se “auto” impedem de realizarem a fantasia de "Corno Manso" pela má interpretação que alguns sites/internautas fazem; pela má reputação que alguns sites/internautas imputam ao "Corno Manso". Alguns sites/internautas estes que se dizem especiais para quem curte a Arte de ser Manso. 
Sim! Vocês, sites/internautas tem méritos por quebrarem barreiras e mostrar que muitos homens tem esta fantasia. Mas, alguns, também são responsáveis por reprimir, milhares de homens. E como isso acontece? 


1- Alguns sites/internautas erram ao não separar claramente por classes.
Existem variações de Cornos Mansos. Alguns sites não explicam isso e generalizam, com se colocasse em um liquidificador Cornos, *viados (veja interpretação pessoal no final), lésbicas etc, juntando quem dá, quem come, quem chupa, quem vê, o voyeur etc. Batem tudo junto e no final dizem que isso é ser Corno. É um erro crucial. Ignoram que uma pessoa pode ter apenas uma, algumas ou todas  as fantasias e fetiches.




2- Alguns sites/internautas rotulam atitudes como obrigatórias.
Alguns sites usam frases que exprimem sentimentos / tesão extremamente individual como se fosse obrigatórios para um Corno Manso. Provocam alegria em uns e repulsa em outros. Assim ignoram particularidades. Por exemplo:
- Ao postar uma foto ou conto erótico, onde um homem chupa o pau do comedor de esposa, 100% das vezes postam frases como "Corno tem que chupar o pau do macho..." ; "... Isso é que é ser Corno..."; "Todo Corno gosta de chupar pau..." etc.

Esta situação é um dos maiores erros. Nem todo Corno Manso é adepto de chupar pau, lamber porra, dar o cu, pegar em pau, vestir calcinha, sutiem, roupas femininas ...


3- Os sites/internautas trituram a imagem
- Alguns sites/internautas trituram a imagem de um Corno Manso. Colocam o homem como sem moral, sem estima, sem condição familiar, social ou profissional. Nunca comentam sobre a seriedade e maturidade que um casal deve ter para viver fantasias. Fazem da vida de um Corno Manso um verdadeiro inferno. Promovem a submissão como se fosse a única forma de vida de um Corno Manso.





4- Os sites/internautas , facilitam os mascarados- Ao não dedicar um espaço/cor/ algum tipo de identificação específica para o Bissexualismo, homossexualismo, heterossexualíssimo, sadomasoquismo etc, dão margem para que o usuário crie uma farsa de seu verdadeiro perfil. É comum *viados, homossexuais e Bi sexuais, em sua maioria homens, inventarem contos de corno só para no meio da estória realizar suas verdadeiras fantasias, a de dar, chupar.. relacionar-se com outro homem.


 Amigos,

ser Corno Manso vai além de uma vitamina batida em um liquidificador.

Ao generalizar, os iniciantes espantam-se com a figura pintada de Corno Manso. Repudiam e reprimem suas fantasias por achar que tudo aquilo que se vê e lê vai acontecer com ele. Alguns sites/internautas também criam, equivocadamente, um perfil de que Comedores devem fazer ou não com um corno. Aliás, Comedor está ali para comer a MULHER, qualquer coisa a mais deve ser acordado antes entre os três.

Falta seriedade, profissionalismo, comprometimento e verdade em muitas publicações.

- Seriedade porque para falar ou escrever sobre corno, deveria ser utilizado pronome pessoal "EU". Cada pessoa é diferente, pensa diferente, tem fantasias diferentes.
- Profissionalismo porque quem escreve deveria entender que está sendo responsável por formar milhares de opiniões.
- Comprometimento porque sites/internautas deveriam ser claros entre realidade e ficção.
- Verdade porque as mentiras só denigrem a verdadeira Arte da Cornitude

Divulguem, que:

- É possível ser Corno Manso SEM dar o rabo ou chupar pau.
- É possível ser Corno Manso SEM ser agredido.
- É possível ser Corno Manso BEM resolvido socialmente, familiarmente, profissionalmente.
- É possível ser Corno Manso TENDO uma vida dupla de amor e sexo com a mesma mulher.
- Divulguem sempre, que as imagens / relatos / comentários etc são fantasias específicas do divulgador dessas e que não representam obrigatoriedades nem a fantasias de todos.
COM TODO O RESPEITO! Pessoas que se realizam dando, chupando, transando com o mesmo sexo (pode ser quem come come ou quem dá) NÃO são cornos e sim homossexuais ou Bissexuais. Como já disse, não a nada de errado nisso, mas estão sendo classificados erroneamente e prejudicando a verdadeira Arte da Cornitude.

Ser CORNO MANSO é a arte de amar uma mulher e ser amado por ela, proporcionando MOMENTOS sexuais. É realizar-se no tesão DELA.Peço desculpas, se alguém se sentiu ofendido com este texto. Nunca tive intenção de discriminar ou ofender. Sou uma pessoa do bem e respeitador acima de tudo. Caso alguém se sentiu ofendido, estou a disposição para esclarecer e pedir desculpas, basta me escrever:

portosegurocorn2@hotmail.com

Vamos ajudar CORNOS, esposas e comedores a realizarem-se e viverem suas fantasias. Precisamos tratar este assunto com mais responsabilidade.


* Explicação: Ao utilizar a expressão "viado", não me refiro a pessoas bem resolvidas sexualmente (heteros, bi, lesbicas, homosexuais, nem a qualquer pessoa que seja honesta em seus contatos sexuais). Me refiro a uma pequena parte que engana, mentem, simulam e criam armadilhas para conseguir um encontro e na hora do ato sexual mudam de postura, criando uma situação desconfortável, embaraçadora e quase sem possibilidade de fuga para a outra pessoa.
E mesmo assim, ratifico que não quero ofender ninguém. Apenas dar minha opinião de que, não concordo com este tipo de atitude.  

2- EXTRAS da MATÉRIA ( Cornitude Real)

2- EXTRAS da MATÉRIA ( Cornitude Real )

A Seção "EXTRAS da MATÉRIA, representa opiniões deste que vos fala ou de nossos leitores em relação a matéria principal /capa do mês. Talvez alguma imagem possa estar fora do contexto, mas é utilizada para dizer algo a respeito.

Boa navegação!

revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno manso news
 

Na visão do CORNO MANSO "aqui".

A matéria em sí já diz tudo. Mas é importante ressaltar alguns pontos para que não sobe dúvidas de que não sou contra a nada, a nenhuma prática e que respeito tudo e todos.


NENHUM CORNO MANSO é obrigado a gostar  de chupar pau, dar o rabo ou qualquer outra prática. Cada CORNO MANSO é único, exclusivo e cada um sente prazer do seu jeito. RESPEITAR É A ORDEM.












Quando for arrumar macho, SEJA HONESTO. O macho é para sua mulher, para vocês dois ou para você?

Participe, brinque, aproveite... ! Sinta prazer com sua amada. ESQUEÇA O MACHO!
a não ser que vocês tenham combinado algo diferente ANTES da brincadeira.




Comedor que PROVOCA contatos com o marido, também faz errado. Se você, comedor, sente prazer com homem... procure um homem, não faça surpresas, isso pode ser muito desagradável.

As vezes pode acontecer uma "relada", um contato entre comedor e corno, mas isso não quer dizer que sua masculinidade está afetada muito menos indica sua opção sexual.


Não tenha vergonha do seu papel de CORNO MANSO.
Se vocês foram honestos nas combinações, não haverá dúvida das intenções.






Respeite e exija respeito.
Ser submisso não atinge sua dignidade ou moral.
No triângulo, Corno manso, Safada e Comedor, cada um tem o seu papel. Este papel em hora certa, local certo e não se mistura a vida social.



Milhares de homens, deixam de realizar a fantasia de CORNO MANSO por culpa de pessoas mentirosas.

Muitos maridos não revelam sua real intenção à suas amadas. Na hora "h" se o marido sentir prazer no comedor, a coisa pode desandar e a relação ficar comprometida. Por isso...



 


(por isso) ... Saiba que a brincadeira de CORNO MANSO é coisa de gente grande.
Gente grande, sincera, cúmplice, honesta e PRINCIPALMENTE
de gente sexualmente bem definida.

3- ARTE de CORNO

Seção "ARTE"
Aqui postaremos imagens tratadas como arte, desenhos do gênero cornal, coisas e situações que com bom humor ou mostrando a habilidade de quem sabe fazer arte.
Boa navegação!revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno manso news

ARTE do MÊS


Este mês homenageamos os CORNOS MANSOS com o BEIJO. Beijar é sinal de carinho, dedicação, aprovação e principalmente cumplicidade. Este  é um cainho que todo CORNO MANSO já mais pode esquecer.Atitude forte e representa, por parte da amada,  o prazer que ela tem em se entregar para outro e ao mesmo tempo dizer que voltará para você... o CORNO.



DESENHOS DO MÊS 

 } Posição privilegiada do CORNO visualizando o resultado.

} É o momento mágico, onde a amada, pode dará as ordens, dizer o que fará com os machos... é uma situação onde o CORNO MANSO é colocado no devido lugar.

} Que lindo! Momento histórico. Inevitável não pensar na lua de mel.
Corno é Corno desde o início :-)


4- Viagem de férias

Chegamos na praia e procuramos um lugar para ficarmos; como era durante a semana estava praticamente vazia, quase não tinha gente, e as poucas que tinham ficavam distantes umas das outras minha esposa estendeu uma esteira que havíamos levado e pediu para e passar bronzeador nela enquanto fazia essa “difícil missão” ela ia reparando e falando dos homens que passavam por nós: - Esse parece que tem um barril na barriga, aquele tem muito pelo, o outro roubou a sunga de D. Pedro I - e assim foi até que eu ouvi um nosssa!!! Vinha caminhando em nossa direção um cara tipo grandão, morenão quase parecido com nós no tom de pele mas com um corpo bem definido, não era do tipo fortão mas também não era franzino e tinha uma estatura de mais ou menos um e oitenta de altura sem barba e bigode um boa pinta diga – se de passagem, quando ele ia passando por nós, ela como estava de óculos escuros deu uma abaixadela na haste do óculos para ver melhor e deixou ele perceber ele nos comprimentou com um aceno e continuou andando até o fim da praia, como ele estava já indo longe comentei com ela: E esse aí te interessou? – e ela respondeu com outra pergunta:- O que você acha? – e continuou dizendo: - Com esse eu realizo a sua e minha fantasia meu corninho – e me deu um beijo molhado e gostoso – e continuou : - espero que ele volte por aqui para eu apreciar melhor – eu disse: - Tenho certeza que ele vai voltar por aqui depois do que você fez, só um trouxa não voltaria e até porque você está matando neste biquíni- falei isso enchendo a bola dela. Continuávamos apreciando a paisagem após darmos um mergulhinho rápido só para ele começar a se bronzear então ela me cutuca para eu olhar quem estava voltando da caminhada e que vinha em nossa direção, olhei e vi que era o dono do meu futuro chifres, ele chegou perto e nos comprimentou novamente, mas dessa vez parou para conversar, se apresentou falou que se chamava Aparecido mas que podíamos chamá-lo de Cido , disse que nos viu chegando e que também estava hospedado na mesma colônia e que nos viu chegando disse que estava de férias também e tinha descido junto com a irmã, e o cunhado mas, o sobrinho dele teve um probleminha na cidade que eles moram e eles tiveram que subir a serra; como estava tudo pago ele quis ficar e curtir mais um pouco. Disse que o lugar é lindo para quem está acompanhado porque para quem está sozinho é um tédio, aí veio a deixa que eu esperava e disse: - mas você é um cara solteiro pode curtir por aí, pegar umas menininhas – ele emendou se tivesse até que eu pegaria, mas as menininhas não fazem o meu tipo – e olhando em direção a minha esposa completou: – Prefiro as mais experientes com a cabeça feita sem frescuras que apreciem uma boa conversa, minha esposa captou a mensagem e emendou: - hoje em dia está mais fácil encontrar mulheres assim, mesmo as casadas são mais liberais que adoram uma festinha fora do casamento sem compromisso.para um bom entendedor pingo é letra e ele em seguida falou: - É, com as mulheres casadas o papo é diferente geralmente o marido é muito ciumento, não deixa ninguém chegar perto – eu respondi dando a entender que aceitava a minha condição de corno: - Quando a mulher quer dar não tem marido ciumento que segure, então meu amigo o negócio é soltar e curtir - demos risada e o convidei para tomar uma cerveja com nós ele recusou disse que não bebia mas aceitava uma água de coco para não perder a companhia, fomos em direção a uma barraca que tinha ali perto e minhas esposa deu uns passinhos na frente para exibir aquele rabão maravilhoso que ela tem ele indo comigo um pouco mais atrás não conseguia disfarçar os olhares vendo que eu percebia
Me pediu desculpas por estar olhando e me elogiou dizendo que minha esposa tinha um corpo muito bonito, agradeci e disse para ele não se preocuparem pedir desculpas que não sou desses maridos ciumentos que travam o crescimento de uma relação afetiva por causa de falsos moralismos ou possessão indevida e continuamos andando.
Depois da barraca ele nos disse que precisava ir pois tinha que ligar para a irmã para saber se tinham chegado bem e etc. mas deixou um convite para jantarmos juntos e se foi.
Minha esposa ao se despedir deu um beijinho de leve em seu rosto me olhando para ver qual era a minha reação mas agi com naturalidade e falei nos espere então.
Ela me convidou para irmos dar um mergulho pois queria me mostrar uma coisa ao entrar na água ela direcionou minha mão em sua boceta e disse olha como eu fiquei, constatei que estava uma sopa de tão molhada, me abraçou e friccionou seu púbis em minha rola que tava uma pedra de tão dura, ficamos naquele amasso na água e ela me dizendo coisas no meu ouvido: Imagina eu esfregando assim no Cidão, você que ver né? olha o que ele fez comigo eu tô louca para dar para ele, você deixa corninho, deixa vai, fala que deixa, prometo que te dou minha xana melada para você chupar depois... e assim foi a tarde inteira na praia. Demos um tempo na água para eu não mostrar que estava de pau duro, saímos e fomos para colônia, fomos tomar uma ducha juntos e vendo que em poucas horas ela já tinha marquinha do biquíni virando de bunda para o espelho conferindo como estava perguntou você acha que o Cido vai gostar? Com a maior naturalidade esquecendo que eu era seu marido e disse: - você tem perguntar para ele e não para mim – ela riu e disse - tá com ciuminho corninho – disse – claro que não, sei que ele vai adorar e eu mais ainda. Liguei o chuveiro e entramos na água comecei a passar sabonete nela enquanto fazia isso ela passava os braços por cima dos meus ombros e me beijava e dizia : -isso lava bem sua eguinha que hoje ela vai dar para um garanhão - e mexia no meu pau que tava duro como uma rocha, quando ela virou de costas e eu ao agüentei e penetrei por trás como ela gosta, não precisou de nenhuma força pois estava tão lubrificada que foi uma delícia, e ela falava: tá gostoso?, tá como você gosta? - Eu simplemente dizia- : tá uma delícia sua vaca, puta gostosa – ela ama quando digo isso – sou puta mesmo , sou puta de corno manso, que adora ver a mulher dar para outro- e os movimentos se tornaram mais rápidos ela virou –se de frente chegamos a um gozo sincronizado que há muito tempo não tínhamos. Terminamos o banho e nos preparamos para ir jantar . continua....

4A- Viagem de Férias (final)


Para quem já leu os contos anteriores ( viagem de férias 1 e 2) sabem que eu e minha esposa descemos para curtir um temporada na praia para curtir a nossas férias e conhecemos uma pessoa especial que nos tirou da rotina do casamento velho e ultrapassado. Vamos dar continuidade o que aconteceu depois que nos conhecemos na praia.
Ela estava como uma cadela no cio sua boceta estava tão grande e inchada que seu grelo parecia um pintinho e fluíam líquidos como uma cachoeira, não sei se era por causa do clima que pairou sobre nós depois da conversa que tivemos sobre a possibilidade de um terceiro em nossa cama ou pela possibilidade de soltar aquela puta que sempre esteve dentro dela e que agora, liberada pelo marido havia a possibilidade de realizar. Antes de sair para jantar demos uma foda tão gostosa que há muito tempo não dávamos pensando em nosso novo “amigo”, rumamos para o restaurante e de longe, ele nos avistou e fez um aceno com a mão para sentarmos a mesa com ele, fomos em sua direção e ele me comprimentou com um aperto de mão e ela com um beijinho nos rosto como se já fossem íntimos, ele elogiou a roupa que ela estava usando, que eu esqueci de mencionar antes, como eu disse no conto anterior ela tem uma bunda que mexe com a libido de qualquer um e nessa noite fez questão de realçar aquele corpão para deleite do nosso amigo, depois do banho ela colocou um fio dental preto que contrastava com sua bunda e por cima somente um vestidinho leve daqueles tipo a Marilym Monroe usou no filme “O pecado mora ao lado” e uma sandália alta ,enfim estava de matar. Nos sentamos, jantamos e começamos a conversar sobre diversos assuntos até migramos para onde nós queríamos papo sobre sexo minha esposa estava alegrinha pois havia bebido quase uma garrafa de vinho branco geladinho que serviram durante o jantar e quando ela bebe meu amigo, sai de baixo, ainda mais no cio como estava, fez de conta que eu nem era o marido dela e soltou uma após um comentário que fazíamos a respeito da média do tamanho dos pênis brasileiros : - Para mim homem tem que ter pegada, pinto grande e grosso, essa história que todas as mulheres falam que o importante é saber usar para mim é conversa fiada o importante é ter prazer na penetração para chegarmos ao mais profundo dos orgasmos. E deu uma piscadela para mim e sorriu para o Cidão no que após um tomar um gole do suco que estava tomando disse: - É por isso que me cuido, hoje em dia as mulheres estão mais exigentes, exigente não é a palavra que eu queria usar mas não me vem à cabeça agora, digamos que elas estão mais...mais... – nisso minha esposa o cortou e disse: - Elas estão corajosas em relação a tudo, inclusive em mostrar seus desejos e suas fantasias sem medo de serem felizes. O Cidão entendeu a mensagem e disse: - Claro quem manda no mundo hoje são as mulheres, burro do homem ou companheiro que não percebe isso. Ao lado de onde nós estávamos jantando tinha um salão de festas que era utilizado nas temporadas para realizar bailes para os hospedes e tinha uma banda que tocava música ao vivo naquela noite, então depois do jantar rumamos para lá, minha esposa já bem soltinha começou a dançar sozinha me chamando para dançar com ela, é claro que ela sabia que eu não sei dançar e foi o que eu disse, então ela falou: - Vamos lá Cido vamos dançar um pouco. – ele não pensou duas vezes foi para o meio do salão com ela. Estava tocando um pagode, coisa que ela adora então ele passou a mão pela cintura dela e começaram a dançar, e toda vez que ela encostava nele ele dizia algo em seu ouvido e ela simplesmente sorria e olhava para mim com quem diz com o olhar to adorando. Voltaram e ele dizendo para mim que ela dançava muito bem e depois disse que ia no banheiro e me chamou para irmos juntos, chegando lá como se mostrando para mim ficou no urinol ao meu lado e tirou aquele membro para fora já meio duro eu dei uma olhada de leve e a comparação nessas horas sempre aparece e ele disse: - cara tá difícil de mijar assim.- me forçando a olhar mais fixamente para o pau dele que parecia ter uns vinte centímetros por seis meio de circunferência, em belo exemplar de rola, a minha perto parecia amostra grátis tamanha era a diferença e eu disse: Ela provoca esse tipo de reação quando dança mesmo. Dando a entender que ele podia ir em frente, então veio a pergunta que esperei a noite inteira: Quer dizer que posso, isto é, você não tem ciúmes? Eu disse: porque teria ciúmes se eu sempre quis ver ela transando com outro e isso só dependia dela e parece que você foi o escolhido por ela, para realizar nossas fantasias. Ele deus um suspiro e disse: - Que alívio, pensei que estava indo além dos limites de vocês. Eu o tranqüilizei dizendo para ele desencanar e agir com naturalidade que meio caminho já estava andado, saímos do banheiro sorrindo e ela perguntou por que a demora, aí eu pus as cartas na mesa e disse: - Estava avaliando seu presente - e sorri . aí começou a tocar uma musica lenta e ela falou: - Amor eu quero dançar mais um pouco com ele, só que agora bem agarradinho pode? Eu disse: isso você não precisa nem pedir. - e foram para o meio do salão e começaram a dançar só que virou agarra, agarra sem tamanho e já estava chamando a atenção dos outros hospedes, quando pararam de dançar a ereção dele era visível e eu disse para ela: - olha como você deixou o Cidão; porque não termina o serviço lá no quarto? Ela sorriu e disse: -Demorou - demos um tempinho ainda para dar uma amenizada na situação e ela disse para esperarmos um pouquinho no salão enquanto ela ia na frente para se preparar e não chamar mais a atenção do que já havia chamado, então ficamos eu e o Cidão no barzinho jogando conversa fora, passaram –se dez minutos até que meu celular tocou e ela falou no telefone: - Você não vai trazer esse macho gostoso aí do seu lado para ele comer sua esposinha, hein corninho? To esperando! Só de ela falar isso meu pau deu um pulo eu disse: - Estamos indo gostosa! Nem precisei falar nada para o Cidão, pois ele ouvira o que disse ao telefone, fomos para o quarto chegando lá a porta estava trancada, bati e escutei um calma to indo, quando ela abriu aquela porta a visão era maravilhosa ela estava usando um corpete preto com uma cinta liga e um fio dental preto enfiado na bunda, ela parou na porta segurando com a mão para ser admirada como estava sendo e nós ficamos estático olhando para ela; que disse: -Vocês vão ficar parados aí a noite inteira. - e me puxou pelo braço e me deu um selinho em seguida puxou o Cidão, fechou a porta e deu um beijo de língua mais demorado que automaticamente desceu a mão bunda dela e começou alisar aquele monumento que estava a sua mercê foram virando em direção a cama sem parar de beijar o virou de costa para a cama e o empurrou para sentar-se na cama em seguida afastou –se e me beijou também enchendo a mão no meu pau e disse: - Nossa já está assim? Voltou em direção ao Cidão abaixou – se e começou abaixar sua bermuda e também a cueca quando aquela jeba enorme deu um pulo para fora, ela disse: -Ele é Bonito como eu sempre quis. Segurou na base do pinto dele e olhando para mim começou a dar beijinhos naquela pica e em seguida enfiou na boca e começou a chupar, Cidão se contorcia todo, nisso também tirei o meu para fora e cheguei perto dela e disse: - Agora você tem duas rolas para chupar. Ela dona da situação falou: - Duas não, uma e meia, né corno? Já totalmente submisso concordei – então ela falou: - senta ali e fica batendo punheta que depois te chamo, tá corninho para você tomar sopinha! Fiz o que ela mandou, enquanto falava comigo o Cidão já tinha tirado a camiseta e estava totalmente pelado em sua frente, ela virou de costas para ele esfregando a bunda na rola dele e começou a tirar o espartilho virou de frente novamente e deu os seios para ele chupar e segurava a cabeça dele com as duas mãos e gritava de tesão: - Delícia, gostoso, chupa a teta que era desse corno manso, punheteiro! Isso chupa que ele não dá conta da mulherzinha, precisa trazer os amigos para me comer, isso gostoso mostra para ele como se faz! Largou dele e veio em minha direção esfregou a buceta na minha cara voltou para ele em seguida tirou o fio dental que estava usando, ficou de quatro e disse: - Vamos ver se você tem a pegada que eu quero. desafiando o Cidão, ele encostou a chapeleta na portinha da boceta dela e foi introduzindo bem devagar ela urrava de prazer: - Aiii, Deliiiciia, enfia; isso; nossa; to sentindo ele me rasgando, aiii, gostoso coloca tudo, isso enfia tudo e olhava para mim me chamando com acenos para ir a frente dela, segurou meu pau e começou a chupar, e enquanto o Cidão acelerava as estocadas e ela gemia, gritava urrava , com meu pau na boca , tirava só para me chamar de corno: -Aiii, corno to adorando, isso Cidão; não para, aii, corno, cooorrrno!!! Isso Cido, aiii Cido, tá gostando corno? Pois eu to adorando cooorrrno!!! O Cidão também me xingava, que delicia sua puta, corno, vou virar sócio e ela dizia : já é, né corno? Eu simplesmente acatava tudo o que eles falavam. Ela me empurrou mandou ele deitar com a rola virada para cima e eu fui para a cadeira em frente a cama fiquei vendo ela sentar naquela rola, subia e descia que visão linda ver sua esposinha gemer de prazer em outra rola; só quem fez pode entender o que estou dizendo. Em seguida ela esticou as pernas e ficou deitada de frente com ele em cima dele eu sei que quando ela faz isso o gozo está perto, me levantei e fui lamber sua bunda e seu cuzinho enfiei a língua naquele bundão enquanto ela esfregava o clitóris nele com a boceta atolada na rola dele ela começou a tremer e ter espasmos e gritava: - Aiii; to gozaaaannnndo cooorrrno!!! - Aiii; to gozaaaannnndo cooorrrno!!! fazendo movimentos repetitivos em cima do Cidão que também deu um urro e gozaram simultaneamente e eu acelerei na punheta e gozei nas costas dela. Caí para o lado e ela também, ficando entre o Cidão e eu. Ficamos uns dez minutos parados para recuperamos o fôlego ela veio em cima do meu peito me beijou e disse: -Te amo, meu corninho!!! Virou para o cidão e beijou ele e disse: - Obrigada, isso que é rola e desceu e deu um selinho nele já meio mole, enquanto ela beijava a rola dele e já de joelhos de lado com a bunda virada para mim, me enfiei em baixo dela entre suas pernas e comecei a chupar a boceta dela que pingava porra do Cidão, ela deu uma olhadinha por baixo e disse: - Olha, Cido como meu corninho é ensinado não preciso nem mandar ele limpar minha boceta, ele adora beber porra da minha boceta, isso lambe corno, deixa ela limpinha, que o Cido vai enfiar aí de novo, vai né Cido? E o Cidão respondeu: - vou dar uma colocadinha depois vou comer esse rabão gostoso. Ela disse: - Corninho ele quer comer meu cu, será que agüento? Você quer ver ele comer meu cú? Quer né corno!!! Olhando em direção ao meu pau que já dava sinal de vida novamente, e eu percebia que junto com a porra descia um monte líquido de sua boceta, ela estava incontrolável pois eu nunca tinha visto ela ficar molhada quando nós de vez em quando dávamos a segunda, ela começou a chupar o pau do Cidão novamente, o quarto exalava cheiro de sexo puro.
Quando a rola dele estava apontando para o teto e mais brilhante que anel de diamante ela encheu ele de saliva e dessa vez ficou de frente comigo de costas para ele e foi sentando novamente, segurou nos tornozelos dele e fazia movimentos com os quadris subindo e descendo e me beijava, fiquei em pé na cama e pus o pau na cara dela enquanto me chupava sentava na rola dele estava um tesão, ela virava os olhos, olhava para mim e eu dizia: - Isso puta, mexe bem na rola do Cidão, mostra para ele a puta que você é, isso sua vaca, puta de corno!!! Ela dizia – sou mesmo você não dá conta, corno; agora eu vou dar sempre, descobri o que é rola de verdade agora você vai ficar só na punheta, seu corno lambedor de porra. Quanto mais ela falava isso mais meu pau parecia que ia explodir. Ela saiu de cima dele ficou de quatro de novo e falou: - Vem corno lambe meu cu enche ele de saliva para liberar para a Pica do Cidão, vai logo corno!!! Exclamou ,mostrando que tinha total controle sobre mim, desci como um bom corno submisso e comecei a lamber seu cú ...agora vou ter que dar lubrifica bem ele. Depois de bem lubrificado o cuzinho dela com a minha mão direcionei a pica dele em direção ao cuzinho dela e depois abri bem a bunda dela para ele ir enfiando bem devagar conforme ia entrando ela ia me xingando: - Seu, corno, essa rola ta me rasgando mas estou adorando, isso Cido enfia devagar, mostra para este corno como se come uma puta, aiii, gostosooo, me rasga, vem aqui corno na minha frente. Dei a volta e fiquei de gente para ela então ela gemia e chupava minha rola enquanto o Cidão a fodia com toda a voracidade de um garanhão em minha égua ... eu fui o primeiro a gozar, parece que foi uma seqüência, enquanto eu estava gozando ela também começou a gozar pelo cú e o Cidão logo em seguida também gozou, enchendo o cú dela de porra, nossa foi demais, caímos os três desfalecidos sem tirar nada de dentro, ficamos assim por um bom período. Ela falou: -Não tira não Cido quero sentir ele ficar mole dentro do meu cú . Dormimos e só acordamos depois das dez no outro dia e o cheiro de uma noite de sexo ainda estava no ar.E foi assim durante o restantes dos dias em que ficamos lá.

5- CHIFRADEIRAS e CORNOS em FOCO

seção CHIFRADEIAS e CORNOS em FOCO, é destinada a quem queira ajudar a construir as próximas  edições.
Todo mês publicaremos as fotos, mensagens etc que recebermos através de nosso e-mail.

Junho/2013

Contribuição deste casal de BELO HORIZONTE - MGo e-mail do maridão diz

"Queremos um pau de respeito para ela ser totalmente preenchida...
...Ela quer um mega roludo!..."

contato: esposadeprogramabh@gmail.com



** CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR**


No aeroporto de Aracaju.

É como eu sempre digo...

Aproveitem as viagens, em outra cidade ninguém conhecem vocês. Então... rola nela e chifre nele !

Parabéns ao casal.

} Vestida assim, é orgulho para  maridão e alegria para os machos.







} Tá na cara que estava caçando macho!









} Macho que tem faro sempre pega.


} Tem que saber a hora de dar o bote, a fêmea dá sinais que escolheu... aí sim o macho deve chegar.  


**********************

Participe de nossa revista enviando suas fotos. 

Vamos publicá-las aqui na revista.

envie e-mail para: centraldecorno@gmail.com

- Histórias

Você também pode enviar 

- Comentários
- Sugestões

Se quiser fazer algum pedido

- Tema para Matéria do mês
- Tema de Capa
- Enquete

envie e-mail para: portosegurocorn2@gmail.com

6- É COISA DE MANSO

A seção "É COISA DE MANSO", traz diversas situações, imagens, fatos, filmes e qualquer coisa em geral que mostra, demostra, representa, ensina,explica... sobre a arte de ser ou tratar de um "chifrudo".

É uma verdadeira "salada de frutas" ou de Chifres, uma dose a mais do queCORNO e CHIFRADEIAS gosta de ver, ouvir e ler.

Boa navegação!
revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno manso news

CORNO MANSO ama quando a esposa volta de uma trepada e ao entrar em casa, tira a roupa e o faz lamber os "restos" do seu prazer.




É lindo quando a amada mostra o resultado de uma gostosa trepada e vai contando os detalhes











Frases do tipo
"Aí amor.. devagar, estou toda dolorida de tanto ele foder..."


 

Quanto mais arrombadinha, mais quente nas parte íntimas maior é o tesão.


Sentir o cheiro de "sexo trepado"... "intimidades usadas"  .... ô delícia!


Acompanhar a amada e sentir ela gemendo de tesão nos braços do macho...ummmmm!





Uau! Lamber a bucetinha da amada, enquanto o macho come o cuzinho dela.... É COISA DE CORNO MANSO!


Ver uma pica grande e grossa, invadir sua amada e esperar pacientemente a sua vez...