ATENÇÃO: Este Blog tem conteúdo adulto, cenas de sexo e imagens proibidas para menores de 18 anos. Caso você não tenha 18 anos completo ou se ofenda com material pornográfico não continue a navegção. Clique aqui

terça-feira, 23 de julho de 2013

CAPA de JULHO

1- SEMPRE É TEMPO DE SER CORNO E CHIFRADEIRA (MATURIDADE)

Se você pensa que liberdade sexual é coisa para jovem, está redondamente enganada.



O fator fisiológico é o que mais atrapalha a cabeça de um casal maduro, principalmente das mulheres. Isso porque a mídia impõem um falso biotipo e conceitos do que é ser “gostosa” ou potencialmente encantadora.

Sem dúvida, a melhor fase para se tornar liberal é na maturidade. O casal maduro, tende a estar mais seguro, conhecer segredos “um do outro” e ter a sexualidade bem definida.












O casal maduro quando descobre as safadezas de que é capaz passa a ter mais cumplicidade, o homem passa a cuidar mais da amada e a mulher passa a se cuidar mais (do corpo, da roupa de sair, dos detalhes), sempre visando impressionar novos machos potenciais para uma boa trepada.

Na maturidade, o homem entende que ele não é menos macho que ninguém e vai incentivar a mulher a se soltar também. Quando a mulher amadurece, vai entender que o que está dando não é amor e sim sexo, pois amor e cumplicidade ela sentirá pelo parceiro.




Mulheres maduras aprendem que são capazes de impressionar machos novos (novos nos dois sentidos), aflorando o desejo de serem bem comidas por machos novos, desses que passam horas fodendo. Muitas afloram o deseja de transar com mais de um macho ao mesmo tempo.


Maduras quando se sentem a vontade fazem com os amantes tudo que nunca fizeram. Isso porque, desprendem-se dos tabus sexuais e adquirem mais folego para fazer sexo com novos machos, sentindo muito tesão com os comedores, já que para elas o mundo liberal era uma fantasia inatingível.





É na maturidade que o casal atinge um nível seguro de cumplicidade e a real compreensão do que é ser o porto seguro um para o outro, vão aprender juntos que depois do sexo liberal a vida voltará ao normal.



Nunca será tarde para começar a chifrar e muito menos para assumir que é corno manso. O importante é estar consciente de que as oportunidades estão em todos os lugares e por isso o casal deve buscá-las, tem que ousar, tem que se libertar de preconceitos, avaliem o momento e o perfil dos possíveis comedores.





Os comedores que estão dentro do padrão de vocês... ataquem, os comedores que estão fora dos padrões mas lhes despertam interesse... coloquem-se a disposição e aguardem o ataque.


Lembrem-se, o marido quer ser corno manso, a mulher tem condições para chifrar e o macho quer é trepar. Não é possível agradar a todos e isso não indica nada de errado com vocês, é apenas uma regra da vida.








Por tudo isso,

“mãos a obra”

chifre nele

e
macho nela!




2- EXTRA da MATÉRIA

A Seção "EXTRAS da MATÉRIA, representa opiniões deste que vos fala ou de nossos leitores em relação a matéria principal /capa do mês. Talvez alguma imagem possa estar fora do contexto, mas é utilizada para dizer algo a respeito.

Boa navegação!

revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno manso news

Em nosso Extra da Matéria deste mês vamos dedicar um “dedinho de prosa”  exclusivamente às mulheres.


Mulheres abram a mente, libertem-se de pré-conceitos de beleza e idade. Nós CORNOS MANSOS, não buscamos uma modelo para desfile. Queremos uma mulher de verdade, com curvas da realidade, da vida real.

Se tem barriguinha, celulite, se o seio já não está igual ao 18 anos... isso não nos move.




O que alimenta o nosso amor, nossa fantasia são as atitudes, é a alegria de brincar com o sexo, o que nos move são os sentimentos que temos por vocês.Se quiséssemos corpos esculturais poderíamos encontrar em locais onde se compra sexo. Não é estereótipo que buscamos.

Buscamos você,do jeito que você é!Façam-nos felizes, façam nos seus CORNOS MANSOS...

E vocês mulheres... sejam felizes! Porque beleza e encanto não se têm, se constrói.





* Homens: Cuidado com o seu ciúmes! O novo comportamento dela não quer dizer que ela deixou de te amar. Quer dizer apenas que ela está se redescobrindo, se reinventando, renovando!









* Mulheres: Cuidado com o que pensam! O novo comportamento dele não quer dizer que ele deixou de te amar. Quer dizer apenas que ele está sentindo liberando fantasias libertinas das quais sempre sonhou, mas que no passado eram proibidas com a própria mulher.


 

3- ARTE de CORNO

Seção "ARTE"
Aqui postaremos imagens tratadas como arte, desenhos do gênero cornal, coisas e situações que com bom humor ou mostrando a habilidade de quem sabe fazer arte.

Boa navegação!

revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno manso news

Este mês uma homenagem a "volta". Sim, a volta de nossas amadas para casa, a volta para nossos braços depois de horas transando no motel.

Coisa linda é recebê-la e ouvi-la contar os detalhes enquanto enquanto sentimos a temperatura, saboreamos os restos de cada gozada que ela deu com o macho.   



E S P E C I A L
Nossa outra arte do mês foi descobrir um artista que fabrica estátuas inspirados em pessoas e dá um ar estilizado.

- Imagina o CORNO MANSO ter uma estatueta de sua amada.

* Imagina ela dar de presente um boneco dela para cada macho que ela transar!

* Imagina o boneco na estante do macho!

* Imagina o macho recebendo na casa dele, algum amigo e o cara ver o boneco (da sua esposa) na estante do amigo e pensar "porra... eu também tenho, será que ele comeu a "fulana"...."

...kkkkk


Controladora: Chifradeira ideal para o corno manso submisso. 



Discreta: Chifradeira que usa roupas coladas, a calcinha marca na roupa (já é para os machos olharem, mesmo!). Faz o tipo santinha com vestimenta de safadinha.

     


Abusada: Chifradeira  que não perde a oportunidade de roubar a atenção em churrascos, praia, shows etc. Se tem macho circulando, ela já pena na roupinha que vai vestir.
  
     



Marcante: Chifradeira que se diferencia por pelas cores nos cabelos, unhas, sapatos etc  (sem se esquecer de usar calcinhas pequenas). É aquela que implicitamente está dizendo "vim para causar"
   



 

Simpática: Chifradeira que vive no bom astral. Conversa com todo ipo de macho, dá risadas com todos e se rolar uma empatia dá fácil. O corno corno manso geralmente tem muito trabalho.

    








  

 













Deusa: Chifradeira que se sente poderosa a cada chifre que coloca. Realiza as fantasias do corno manso. E tem o poder de encantar com suas safadezas.

  




























   


Quietinha: Chifradeira que exigem um corno manso esperto e ágil, porque ele age com sutileza e silêncio ( oque não quer dizer que não seja caçadora e dadeira).  Parece até um comportamento oriental.

Feiticeira: Chifradeira cheia de encantos e magia. Atrai machos sem nada fazer, pelo simples fato de estar "alí" em poucos minutos já começa a receber cantadas e convites dos mais ousados.
 
  


 


Casadinha / Noivinha: Chifradeira que não abre mão ou sonha com o casamento. Não abre mão do seu amorzinho sempre ao lado e no meio do pega com o macho, faz questão de dizer q ela é bem casada que ama o marido, noivo, namorado....


Rainha: Chifradeira que exige (do corno manso), ser tratada com carinho, mimos, delicadeza. Porém os machos a tratam "na ponta da pica", não pedem nada... comem o que querem, botam para chupar, comem de todas as formas... abusam do sexo sem pudor.  

 

 

* Explicação: Os codinomes das estátuas não representam o nme dado pelo atista. É uma imaginação deste autor que apenas aproveitou as imagens e deu asas a minha prórpia cornitude.

O cara tem trabalhos publicados com várias rainhas de bateria do carnaval brasileiro.

Apesar das bonecas terem formas do corpo sempre parecidas, a variação de vestimenta é que dá a originalidade ao trabalho. Mesmo pessoas margas, pouco seio ou etnias diferentes, são esteriotipadas nestas formas.
   

Para quem gostou e está disposto a investir uma grana , aí vai o site.

4- A Saga de um Corno parte III

* este conto é continuação de outros do autor, mas publicado em nosso site apenas as partes III, IV e V .
Continuando, se vc chegou agora saiba que temos 40 anos sou branco, casado com Isa, 1,70,  uma verdadeira puta! Começamos no swing mas logo vi que gostava era de ver ela levando rola. Compramos um sítio só p receber os comedores e começamos a procurar por um.
Não é fácil arrumar um cara legal e que saiba sair com um casal, mas conseguimos pela internet achar o Leo, instrutor de musculação, de uma cidade do Rio. Ele queria muito tirar uma folga e convidamos ele p passar o final de semana no nosso sítio. Ele era alto, cabelo raspado, bem baixinho umas tatuagens tribais no braço, muito educado, 1, 80, 90kg, o pau dele media uns 18cm, bem grosso. Confesso que eu queria um negro, mas não estava fácil achar bons comedores de nível, então me contentei com ele.

Ele chegaria na sexta de manhã, eu e Isa quase não dormimos à noite na expectativa. Leo chegou as 10hs, e rumamos p sítio direto. Ele usava bermuda e camisa colada evidenciando seus músculos. Leo tem 30 anos. Isa estava de shortinho curto, sem calcinha, e uma blusinha branca que deixava transparecer seus seios pontudos.

Chegando ele pediu para vestir uma sunga e cair na piscina. Isa também trocou de roupa e vestiu um micro biquíni branco fio dental. Como ela ainda estava meio tímida, colocou a parte de cima também, mas eu fui lá e arranquei, já que ela queria ser puta, seria completa. Eles ficaram na água se beijando e namorando e eu assistindo tudo deitado na cadeira. Atrás de mim, Seu Sebastião o caseiro, assistia tudo escondido, e eu fingia q não via e estava adorando, meu pau estava duro como pedra eles nem tinham começado ainda.
Leo beijava Isa na boca e chupava seus peitos com força enquanto apertava sua bunda e já tentava enfiar os dedos no seu cuzinho. Ela logo se soltou e começou a apertar o pau dele, então eles resolveram entrar pra sala e eu fui atrás. Leo abaixou a sunga e mandou ela chupar, Isa chupava com vontade, ela adora homem com o saco depilado, p colocar as bolas na boca. Ela chupava babando bastante, pra deixar o pau bem lubrificado, chegava a ficar um filete de saliva entre o pau e a boca dela. Depois de chupar e babar bastante no saco e no pau de Leo Isa falou:

-Vem me beijar corno, vem meu amor!!

Corri ao seu lado e comecei a beijar Isa de língua sentindo o gosto do pau de Leo na sua boca. Depois do beijo, ela voltou a chupar mais um pouco, em seguida deitou e abriu as pernas mostrando sua xana depilada ao Leo, que caiu de boca, fazendo ela gozar pela primeira vez.

Depois ele abriu mais suas pernas e penetrou Isa que gemia como uma cadela no cio, ele bombava na buceta dela, beijava sua boca e chupava seus peitos, deixando ela louca, enquanto eu via a cena e tocava uma punheta gostosa!

Depois Leo a colocou de quatro e passou a meter forte na sua buceta, dando tapas na bunda dela e xingando ela de puta e vadia. Os dois gemiam muito e quando Leo foi gozar Isa pediu:
-Goza nos meus peitos gostosão!
-Leo tirou o pau e Isa abocanhou ele, o primeiro jato foi dentro da boca dela os outros cinco foram nos seus peitos. Ele gozava muito! Assim que ele se afastou Isa me chamou, fui ao seu encontro e dei mais um beijo de língua, sentindo a porra do comedor em sua boca, depois fui descendo minha língua e lambi a porra dos seus peitos exatamente como ela queria ...
Comemos alguma coisa, tiramos um cochilo, e fomos p varanda Isa anda sempre nua pelo sítio, a não ser quando vai tomar sol, pois adoro uma marquinha de biquíni. Na varanda os dois começaram a se beijar , Lucas acariciava a bucetinha lisinha de Isa e ela já punhetava seu pauzão. Eles iam entrar, mas eu pedi que ficassem na varanda, e mostrei discretamente a Isa o seu Sebastião atrás de uma cerca depois da piscina bem longe. Exibicionista e puta como ela é, claro que ela ficou.

Ela chupou o pau de Leo novamente e sempre dava uma paradinha p me beijar de língua. Leo colocou ela de quatro e lambeu seu cuzinho enquanto ela gemia bem alto. Depois eu passei KY no cuzinho dela e ela pediu a ele:

- Coloca na entradinha do meu cú põe!!!!!!!!!!

Ela pediu com uma vozinha e uma carinha de puta q não teve outra alternativa senão atender, Leo colou na portinha do cú da Isa, ele foi enfiando aos poucos no cuzinho guloso dela e logo ela estava gemendo alto e relando a bunda nos pêlos dele e gemendo me dizia

-Olha corninho sua putinha levando no cú , olha. Ai amor ele ta me arrombando, o pau dele é muito grosso, AAiíííí, olha como sou vagabunda

Leo segurava ela pelas ancas e cravava forte na bunda dela dizendo

-Isso vagabunda, geme n vara de um macho de verdade, sua puta vagabunda. Paf paf paf!!!!

Ele batia na bunda dela e ela gemia como uma cadela no cio. Não demorou ele gozar forte dentro do cuzinho dela, eu tocando punheta despejei minha porra na sua cara de puta.

Ela ficou um tempo limpando meu pau, com a vara de Leo enterrada no seu cú. Assim que ele tirou ela me mandou deitar no chão e se agachou na minha cara, passando seu cuzinho no meu rosto. Eu comecei a lamber o cú dela e a porra começou a descer, quando me levantei ela me beijou na boca e misturamos as porras minha que estava na sua boca e a do comedor que estava no seu cú. Leo vendo a cena comentou:

-Vocês são demais, vou adorar ficar aqui!!!!

No fundo podia ser ver Seu Sebastião acabar na punheta! E Leo passou um delicioso final de semana conosco. Ficávamos os três pelados a disposição do sexo, eu não comi Isa neste final d semana, ela só me chupou. Fiz questão que ela dormisse na cama com ele em nosso quarto e eu em um colchão no chão. Na segunda feira quando fomos p casa é que eu a noite, depois de voltar do trabalho relembrei com ela todos os fatos e gozamos loucamente!!!!!

4A- A Saga de um Corno parte IV * 
este conto é continuação de outros do autor, mas publicado em nosso site apenas as partes III, IV e V . 

Apesar de ter adorado Leo não tinha desistido de arrumar um negão p Isa, sempre que falávamos disso , a gente trepava muito. Mas as vezes o que a gente quer vem em nossas mãos. Certo dia, fui ao sítio em uma quinta feira e encontrei Seu Sebastião com um Negro alto, devia ter uns 22 anos, cabelo curto e muito educado. Seu Sebastião rapidamente me apresentou ele como seu sobrinho.
Logo que vi comecei a pensar em Isa gemendo na vara do negão como um puta, só precisava armar um jeito. Em casa conversei com Isa e ela ficou super animada. No outro dia fui ao sítio e falei com o rapaz chamado Leandro. Ele era muito educado e tinha um jeito simples de quem mora na roça. Aproveitei que seu Tio estava cuidando do sítio e abri o jogo com ele. Disse que éramos uma casal liberal e ela tinha um sonho de transar com um negro se ele se interessava.

Ele ficou animado principalmente quando mostrei as fotos de Isa de biquíni.
Marcamos dela vir a noite de sexta p um programinha, mas antes quis ver seu pau, pois Isa ia ficar muito decepcionada se visse um negro de pau pequeno. Quando ele tirou p fora, vi um pauzão de 19 cm, com uma cabeça bem vermelho e o que me chamou a atenção era a grossura da chapeleta. Muito grossa!

Tudo certado voltei para casa. Liguei p Isa e as 17 hs estávamos no carro p ir ao sítio. Tive uma idéia, liguei p Leandro e pedi p ele esperar a gente perto da piscina. Quando estávamos quase chegando, pedi a Isa que tirasse sua pouca roupa e ficasse só de salto alto e fio dental . Cheguei parei perto da piscina e lá estavam Leandro e seu Sebastião. Isa muito puta, desceu do carro e cumprimentou como se fosse tudo muito natural, deixando todos de boca aberta, beijou Leandro no rosto e o seu Sebastião também perguntando com cara de puta se estava tudo bem. 

Entramos na sala e ela logo começou a beijar Leandro na boca q meio sem jeito correspondia, Isa pegou suas mãos e colocou na sua bunda dela. Aí ele começou a ficar mais espertinho, liberando sua calcinha e vendo sua bucetinha carequinha! Acho que ele nunca comeu uma mulher como Isa, pois ficou louco, chupou a buceta dela, quase engolindo tudo.

Depois foi a vez da Isa que ficou maravilhada com a pica do negão, começou a mamar gostoso naquela pica maravilhosa. Ela não conseguia por tudo na boca, o cacete era muito grande, era enorme. Ela babou no cacete todo, no saco, deixando um filete de baba entre sua boca e o pau do negão que estava com os olhos fechados de tesão. Ela parava de chupar e vinha me beijar na boca. Teve uma hora que eu fiquei do lado dela p apreciar melhor aquele monumento, Isa chupava o pau ajoelhada e a toda hora virava o rosto p me beijar e me fazer sentir o gosto do pau do negão...

Isa fez ele se deitar no tapete da sala e agasalhou aquela pica preta com sua bucetinha apetitosa. Eu fiquei sentado na poltrona vendo Isa subir de descer na pica do negão gemendo alto como um puta. Leandro também gemia muito e apertava o bico dos seus peitos. Lá na porta, seu Sebastião tocava uma punheta vendo toda aquela putarias.

Depois de um tempo cavalgando no garanhão negro Isa me pediu:

- Amor, lambe meu cú enquanto o Leandro me come?”?”?”?

Eu fui lamber seu cuzinho mas ela subia e descia muito rápido, quase não deu. Quando eles aumentaram a velocidade tive que parar, os dois gozaram juntos aos gritos com ele enchendo de porra o fundo da buceta dela.

Isa desengatou do pau, deitou no tapete ao lado do negão e fui me preparar p limpar sua bucetinha gozada, mas ela antes e pediu:

-Amor limpa... fui direto pra buça da Isa lambi a xota dela todinha e fiz ela gozar de novo na minha boca e quando já ia parar de chupar ela disse:
- Continua amor q eu tenho uma surpresinha!
- Continuei chupando e em poucos minutos senti um liquido descer da sua bucetinha. Isa estava mijando em mim. Eu não bebia, mas a urina batia na minha cara e escorria e eu continuava chupando, até ela gozar de novo.

Nós fizemos uma pausa e comemos alguma coisa, até que Isa começou a esfregar a bunda no pau do negão e muito sacana perguntar:

-Leandro, vc já comeu um cuzinho alguma vez????

-Ele só balançou a cabeça dizendo que não. Então Isa colocou ele sentado e chupou seu pauzão enquanto pedia p eu lamber seu cuzinho p lubrificar Passei gel KY no seu cú. Ela ficou de quatro e vi aquela jeba preta sumir no cuzinho de Isa, que por adorar dar o rabo, nem sentiu tanto assim. Logo seu saco batia na buceta de Isa. Leandro só gemia muito não falava nada, mas Isa provocava dizendo:

-Olha aí amor, olha corno, não era isso q vc queria? Ver sua putinha ser arregaçada pelo pau de um negão gostoso!?!?!? Olha corno ta tudo dentro do meu cú! Aí delicia, come o cú da sua putinha come seu negão gostoso, tesudo!

Quero ver se agora que ele me arrombou eu vou conseguir sentir seu pau amor!!!!

As palavras da minha putinha aumentaram mais meu tesão e tive a ideia de deitar embaixo dela PA poder lamber sua buceta. Quando me deitei, tive a visão mais linda do mundo. A bucetinha de Isa arregaçada, e o pau do negão invadindo seu cú. Comecei a chupar e tive meu pau abocanhado por Isa, que agora tinha dois paus, um no cú e outro na boca... logo gozamos todos, eu na boca de Isa ela na minha, Leandro encheu seu cú de porra e seu Sebastião que se acabava na punheta na porta.

Assim que Leandro tirou o pau do cú de Isa, ela se agachou na minha cara, agora p eu limpar seu cú, o que fiz com o maior prazer. Ela com a cara cheia de porra q eu tinha gozado, ainda limpou o pau de Leandro.

Satisfeitos, fomos os três tomar um banho de piscina, mas a sacanagem não parou por aí não, Isa deu p negão o final de semana todo, eu dormia em um colchão no chão ao lado da cama de casal, só pra eles ficarem a vontade e fuder a noite toda, só me chamando p limpar a porra. Isa ficava nua o tempo todo, só colocando um fio dental p tomar sol e ficar com aquela marquinha deliciosa. E eu sempre me surpreendia com ela. No sábado, saí p comprar cerveja e vodka q ela adora, e na volta ela estava de quatro na piscina tomando no cú e chupando seu Sebastião, muito puta!

Isa deu p os dois comedores o final de semana todo, ela tinha fez DP. Eles comeram o cú dela, a buceta, gozaram em todos os seus buracos, enfim fizeram de tudo com ela.

Na segunda feira, ela estava realmente acabada. Levei Isa pra casa e ela tomou um bom banho. Como bom corno, passei uma pomadinha na sua buceta e cuzinho e fui trabalhar.
A noite, cheguei em casa com muito tesão por tudo que tinha acontecido no final de semana, e logo fui atrás de Isa p trepar. Ela estava de camisolinha folgada sem nada por baixo, mas logo me dispensou dizendo não agüentar nada, pois ainda estava arregaçada da noite anterior. Ela me mostrou a bucetinha e o cuzinho bem inchados e vermelhos, de tanta pica q tinha levado.

Fiquei decepcionado e de pau duro. Isa percebendo me chamou e disse:

-Meu amor vc não vai ficar na mão, vou fazer uma brincadeirinha com vc!
Animado, tomei um banho e fui logo p cama. Isa vendou meus olhos e falou relaxa. Foi o que fiz. Ela me passou um óleo por todo meu corpo, e começou a fazer uma massagem enquanto falava como tinha sido bom ser fodida e explicando em detalhes tudo q tinha sentido sendo explorada por dois paus o fim de semana todo.

Claro que rapidamente fiquei de pau duro. E ela abocanhou ele rapidinho e começou a fazer uma chupeta muito gostosa e relando sua bucetinha na minha cara dizia:
- Chupa corninho, a minha bucetinha inchada de tanto levar vara, chupa!!!
- Comecei a chupar aquela bucetinha inchada, vermelha e arregaça enquanto ela chupava meu pau, em poucos minutos eu gozei na boca dela com jatos fortes e intensos. Ela tirou a boca do meu pau e falou:

-Gozou gostoso em corninho?!?!?

4B- A Saga de um Corno parte V

* este conto é continuação de outros do autor, mas publicado em nosso site apenas as partes III, IV e V .

Só lembrando, temos 40 anos e casado. Isa, um loira, 1,70m e sacana, que adora várias picas tanto na bucetinha quanto no cuzinho.
Depois de transar com Leo e com Leandro o sobrinho do caseiro, eu e Isa recebemos vários comedores no sítio.
Bem, um dia atendo o telefone da minha casa e escuto a voz de Claudinha, prima de Isa, e sacana como ela é me dizendo:
-E aí corninho, cadê a vagabunda da minha priminha??
-Saiu, deve estar dando o rabo por ai!
-E fazendo crescer seus chifres né? KKKKKKKK
-RSRSRSRS, o que vc ta querendo putinha???
-AH, eu ia falar com Isa q nesse fim de semana fiz um gangbang com 4 negões, dei e gozei demais, pergunta pro Armando!
-Porra vc me deixou de pau duro, não tem como ajeitar p eu e a Isa irmos aí e fazer uma festinha com esses negões???
- Eera isso q eu queria falar com ela, mas essa puta não para em casa. Depois eu ligo p ela tchau!
-Aqui cabe falar da Claudinha, ela é prima da Isa, é dois anos mais velha, adora uma sacanagem, ensinou muita coisa p Isa. É casada com Armando que tem 54 anos e é corno...  Eles vivem bem e praticam todo tipo de sacanagem, estão bem na frente da gente.
A noite falei com Isa q ficou toda animada e logo ligou p prima para ajeitarmos tudo. Eram 4 negros q Claudinha conheceu num clube de swing, todos muito bem dotados na casa dos 20, 22 cm. Não pense que é fácil programar um gangbang como muitos contam aqui. É demorado e complicado, falar com todos os 4..., combinar um dia com todo mundo, o local, etc.... E ainda fiquei preocupado com Isa que até então só tinha transado com 2 pessoas no máximo.
No dia certo, fomos eu e Isa p Rio, o encontro seria no apartamento da Claudinha.
Chegamos a tarde e Claudinha nos recebeu com um shortinho minúsculo e um top branco. Armando como sempre estava viajando a negócios. Claudinha tirou o shorts e ficou só de calcinha fio dental e disse que ia ficar comigo assistindo e fazendo um boquete em mim, pois não ia participar, afinal, a noite era da Isa.
A campainha tocou e logo entrou os 4 negões, vou chamá-los de Marcos, Márcio, Marcelo e Matheus. Os 4 chegaram e fomos apresentados a eles pela Claudinha, eles elogiaram a Isa e logo Marcelo tomou a dianteira e começou a beijá-la, tirando seus peitos p fora e chupando com tesão, Matheus veio por trás e foi logo encoxando Isa, lambendo suas costas, Márcio e Marcos tiraram suas roupas, exibindo suas belas varas em riste. Eu e Claudinha estávamos sentados no sofá assistindo tudo. Eu estava com o pau duríssimo e já tinha tirado minha roupa. Claudinha me abraçava e me tocava uma punheta de leve.
Isa se abaixou e começou a chupar o pau de Marcos e Márcio. Matheus e Marcelo chegaram também e foi um tesão ver minha putinha mamar em 4 varas negras de uma vez. Matheus, q era o mais tarado em bunda, colocou a Isa de quatro e enquanto ela mamava os outros três, foi enfiando devagar em seu cú acostumado com rola, ela gemia soltinha pelo efeito da vodka. Claudinha além de me tocar uma punheta, já arredava a calcinha p lado e acariciava sua xana com tesão.
Escutei Marcelo dizer:
-O Matheus já inaugurou o cú dessa puta, agora vamos fazer um DP nessa gostosa.
-Marcelo deitou e Isa foi por cima, encaixando sua bucetinha no pau dele. Depois que ele bombou um pouco, ele abriu a bunda de Isa e falou p Márcio:
-Vem, coloca no cú da puta que ele já ta lubrificado com porra.
Márcio colocou no cú e Isa e pra completar Marcos continuava com o pau em sua boca. Pela primeira vez vi Isa com os três buracos preenchidos por rolas e ainda por cima pretas, aquilo foi demais p mim. Acabei gozando na mão de Claudinha que vendo a cena falou:
-O corno ta adorando ver a putinha dele ser arrombada né? Espera pra lamber o estrago.
Vi quando Marcos não aguentou e gozou na boca de Isa, que bebeu um pouco mas escorreu alguma coisa pelos seus peitos. Com a boca livre ela pode gemer e falar a vontade. Ela que adora xingar, alta de vodka gritava:
-Isso seus putos, me comam, arrombem minha bucetinha e meu cuzinho pro corninho!!! Delicia!!!
-Eles também xingavam ela de cadela, puta e vadia. Em pouco tempo Os dois gozaram. Assim que eles saíram de cima, Matheus colocou Isa de frango assado e foi comer a bucetinha dela, eles tinham porra farta e grossa. Marcos aproveitou e mandou Isa mamar de novo. Ela ficou um bom tempo naquela posição, pois eles já tinham gozado uma vez.
Quando Matheus gozou, Marcos se levantou e falou
-Agora é minha vez, até agora essa puta só chupou meu pau, vou querer é o cuzinho da vadia!
-Marcos colocou os pés de Isa nos ombros e e cravou a rola no cú dela que gritava gemendo:
-Aíííí..., terceira pica no meu cú seu corno, olha como tua puta ta ficando arrombada, olha!!!!!! AAA´´iii to me sentindo muito vadia!!!!
-Eu já estava de pau duro de no vendo minha putinha gritar sacanagens comigo, mas foi por pouco tempo, porque logo Marcelo e Márcio deram suas picas duras p Isa mamar. Ela mamava um e punhetava o outro, e assim que Marcos gozou no seu rabo, Márcio foi comer sua bucetinha, enquanto ela ficou chupando o pau de Marcelo que era o mais bem dotado. Ele batia na cara dela, chamando-a de puta vagabunda e rampeira, ela chegava a gozar com os tapas do negão. Márcio demorou a gozar e deu uma canseira em Isa que ficou com a bucetinha vermellha, assim que ele gozou, Marcelo colocou ela deitada no braço do sofá e foi colocando no seu cú!
Isa gritou protestando:
-Chega! Tõ assada, não aguento mais rola no cú, porra ta doendo muito!!!
-Aguenta sim vadia, tua prima disse que vc adora dar o cú vou te arregaçar mais ainda!
-Marcelo quanto mais percebia que maltratava Isa, mais ele comia seu cú, ela gemia e gritava, chegando a sair lágrimas nos olhos, quando Marcelo gozou, tirou do seu cú e ela ficou desfalecida no braço do sofa´. Ele olhou p mim e disse:
-Agora corno pode vir fazer a limpeza.
-Beijei Isa na boca sentindo a porra dos comedores, depois desci até sua buceta que estava muito encharcada, chegou a pingar no tapete. O cuzinho estava tão arregaçado que pensei que nunca mais ia voltar ao normal. Lambi tudo deixando ela limpinha. Enquanto eu lambia ela falava:
-Olha corno o que fizeram com sua putinha, agora sou puta mesmo, olha como fiquei arrombada, viu que dei conta de 4 negões? Chupa tudo amor, me deixa limpinha
-eu só escutava e enquanto chupava, toquei uma punheta e gozei no tapete. Depois dessa sacanagem toda q deve ter durado mais de 6hs.
As 11:30hs eles foram embora nos deixando sozinhos.
Já passava da meia noite, quando Isa tomou banho e foi se deitar, Claudinha disse que também ficou assim e que o Armando, como bom corninho tinha lhe passado um pomada. Ela me deu e eu passei a pomada na bucetinha e no cuzinho de Isa que estava vermelho e inchado. Depois ainda fui tomar um drink com Claudinha e acabei comendo seu cuzinho e bucetinha, afinal estávamos tarados com o acontecido. Ela me disse que Isa ia ficar ainda mais puta e insaciável e que eu seria ainda mais corno. Adorei as palavras dela, e fui dormir feliz. Dormi abraçado com Isa e Claudinha, o três juntos na mesma cama.
No outro dia, voltando p cada pude perceber que ela tinha razão, fato que se tornaria corriqueiro dali p frente.

5- CHIFRADEIRAS e CORNOS em FOCO

seção CHIFRADEIAS e CORNOS em FOCO, é destinada a quem queira ajudar a construir as próximas  edições.
Todo mês publicaremos as fotos, mensagens etc que recebermos através de nosso e-mail.


Participe de nossa revista enviando suas fotos. 

Vamos publicá-las aqui na revista.envie e-mail para: centraldecorno@gmail.com

- Histórias

Você também pode enviar 

- Comentários
- Sugestões

Se quiser fazer algum pedido

- Tema para Matéria do mês
- Tema de Capa
- Enquete



===== CORNO MANSO e CHIFRADEIRA do MÊS ===========

Muito safadinha e gulosa nossa chifradeira do mês não economizou na hora de por o chifre no manso amado.



Aproveitando para namorar os três safados...
Transar é muito bom, mas o namoro entre chifradeira e machos é encantador!


E o corno manso registrando tudo para bater punheta em casa....Tá com dó corno?...rs

É hora do show começar !

Olha a mãozinha dela segurando a pica! Nem fecha...
É pica assim que corno manso tem que arrumar para sua amada.

Coisa linda é ver nossa amada viciando nesta prática.
Dá um orgulho gigante no ego do corno manso.


CONTINUA POSTAGEM DE JULHO ------>
É coisa de Manso (próxima página)