ATENÇÃO: Este Blog tem conteúdo adulto, cenas de sexo e imagens proibidas para menores de 18 anos. Caso você não tenha 18 anos completo ou se ofenda com material pornográfico não continue a navegção. Clique aqui

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

CAPA de DEZEMBRO 2013


7 seções 
1- Matéria do mês
2- Extra da matéria
3- Arte de Corno
4- Chifradeiras e Corno em Foco
5- É coisa de Manso
6- Conto de Corno
7- Publicação Extra (a história real de um corno manso)


Informação
Amigo leitor, tecnicamente, não conseguimos deixar todas as 7 seções do mês em uma única tela. Por isso é necessário mudar a página clicando lá em baixo em "Postagens mais antigas". Mas na verdade você verá a publicação do mês. Acompanhe pelos números de 1 a 7 para ter acesso total a publicação do mês.

1 - ELA NÃO QUER ME FAZER CORNO

Milhares de maridos escrevem em redes sociais, blog e sites sobre a vontade de ser Corno Manso. Cada um com uma dificuldade que o impede de realizar-se, cada um por um motivo, cada um com sua história.

O fetiche cuckold é mais comum que podemos imaginar. Pesquise no Google expressões com: Quero ser corno; Cuckold; Corno Manso; Marido Corno, entre outras formas, você ficará espantado com os resultados e perceberá que você não está sozinho nesta busca.

Ocorre que, minoria dos homens atinge seu objetivo e são muitos os motivos que os impedem, reveja publicações passadas.




Este mês vamos falar sobre alguns fantasmas que impedem as mulheres de se liberarem para a fantasia do mundo liberal.








Os mais comuns são:

» A mulher acha que você não a ama mais

» Insegurança do pós-chifre. Como ficará o casamento?
» Insegurança por achar que o marido perderá o interesse          sexual por ela depois de ter transado com outro homem
» Insegurança da reação do marido na hora “h” (do chifre)
» Quebra da confiança e perda da liberdade para atividades do cotidiano ao realiza-las sozinha
» Obrigatoriedade em repetir o ato sexual com outro(s). E se eu (no caso “a mulher”.) não gostar?
» Achar que o mundo inteiro vai saber (principalmente parente e amigos)

» A mulher acha que você pode estar querendo transar com outra mulher (confundem cornitude com troca de casais)
» A mulher acha que (ela) perdeu a capacidade de lhe provocar atração sexual  em outros homens
» Baixa estima. Falta de confiança em si própria pelo beleza física que ela apresenta no momento. Medo em fracassar na conquista de outros homens
» A educação sexual que ela recebeu durante toda a vida

» Religiosidade acirrada 
» O homem apresenta provas de ciúmes
» Ela não gosta de exposição (fotos, filmagens, locais que frequenta socialmente)
» Conceito de Amor X sexo




Existem alguns motivos que consideramos mais agudos


Mas não antecipe seus pensamentos ou decisões, ninguém é igual a ninguém, nem todos tem os mesmos motivos. Antes de tirar suas conclusões, avalie com cautela a situação e a você mesmo.
» Nem toda mulher nasceu para ser uma chifradeira (infelizmente).
» Não sentem prazer neste fetiche
» Aceitam trair, mas não sentem prazer que o corno saiba
» Você (homem) ainda não a convenceu de sua convicção Cornal.





E um muito sério, por isso segue comentado.

» Medo de perder o respeito. Quantas vezes já ouvimos falar de um casal que se separa e o homem destrói a moral da mulher? Lembre-se que temos um preconceito social muito errado 
“Um homem pode ter sido corno, mas uma mulher sempre será uma vadia". 

(REPUDIAMOS ESSA VISÃO SOCIAL)

Você homem já mais entraria em uma situação em que corresse o risco de ser eternizado com trouxa ou “brocha”. Uma mulher teme a sentença perpétua de “vadia”.


O que pode ou deve ser feito?
(comentários gerais sobre a exposição acima)

Para essa e outras barreiras, só existe uma saída. Conversa honesta! Muita conversa honesta. Não há outra solução.
A fantasia cuckold tem que estar em segundo plano. Confiança e segurança são porta e chave para entrar no mundo cuckold. 

Antes de conversar ou propor algo, tenha suas intenções bem claras e principalmente nunca omita o que gosta e o que não gosta. A honesta conversa entre o casal vai desenhar limites de segurança.

Conversar sobre este assunto exige muita delicadeza e sensibilidade. O homem deve estar preparado para receber respostas que o desagrade e lidar com serenidade a elas. Agressividade só trará brigas e repudia por parte da mulher.

O homem tem que ter convicção de que realmente quer ser Corno Manso. Faça muitas, centenas, milhares de autoanálise. Procure informações e saiba peneirar as que encontrar. 

É fundamental ter um plano “b” para encarar e sair de situações embaraçosas, com elegância, tranquilidade e sem ofender sua amada. Você deve ter consciência de que pode ser um caminho sem volta.

Converse muito, mas muito. Elogie diariamente, demostre admiração física e o amor que você sente por ela. Se expresse com clareza, certeza e sutileza de que você realmente quer experimentar esta fantasia. 
 

Seja homem o suficiente para suportar a experiência sem causar constrangimento. Tanto o homem como a mulher tem o direito de gostar ou não da experiência. Mas faça até o final, com muita calma e voltem a conversar para avaliar. Seja homem para conversar sem agredir ou culparCiuminho besta na hora “h” ou depois do chifre consumado é coisa de moleque.

Não sabe brincar não desce pro Play!

Vá com calma com as cobranças pós-chifre. Você é Corno Manso, mas ela tem obrigações diárias que não mudam (levar os filhos na escola, fazer compras, fazer banco, vai a manicure etc). Não é porque ela realizou sua fantasia de Corno Manso, que ela vai sair dando por aí a toda hora ou para qualquer um.

Respeite o tempo e a vontade da mulher. Ela pode não querer repetir a experiência sem antes ter convicção do seu comportamento nos próximos dias, semanas ou meses ou não querer repetir porque não gostou da experiência.






É fundamental fazer amor com sua esposa. Antes, durante e principalmente depois de cada conversa e principalmente fazer amor verdadeiro depois do chifre consumado.

O casal deve conversar e escolher os lugares certos para “brincar”. O lugar certo é aquele onde ela se sentirá a vontade. Lugar errado certamente vai dar dor de cabeça.
 

















Entregue o poder de decisão a sua esposa. Se ela quer você por perto, fique e dê segurança, se ela quer privacidade com o macho, assista a distância, vá ao banheiro etc. De o poder e cumpra sua parte de CORNO MANSO.

Aprenda e ensine que é possível ser chifradeira com discrição. Se necessário, crie um novo circulo de amizades, separando o social e liberal. Não misture a vida social da sexual.


Parafraseando Aristóteles quando falava de estudo: As raízes do chifre são amargas, mas seus frutos são doces. Até você ser corno, precisará de paciência, parcimônia e prudência.

2 - Extra da Matéria - ELA NÃO QUER ME FAZER CORNO

A Seção "EXTRAS da MATÉRIA, representa opiniões deste que vos fala ou de nossos leitores em relação a matéria principal /capa do mês. Talvez alguma imagem possa estar fora do contexto, mas é utilizada para dizer algo a respeito.
Boa navegação!

revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news

Note que nossa revista trata de diversos temas e em todas as edições você vai encontrar dicas parecidas, ditas de formas diferentes. Às vezes uma imagem diferente para o mesmo tema pode lhe despertar uma grande ideia.

Lugares como academia, praia, barzinhos são ambientes dos mais propícios para potencializar os instintos safados de uma mulher. Nunca se esqueça de elogiá-la, principalmente quando ela tomar alguma iniciativa. Não importa se você queria algo à mais, se a iniciativa foi dela ... elogie!!! 

Deixe claro que você adora quando ela chama a atenção dos machos e reafirma a confiança sexual dela. Com o seu apoio, aos poucos ela irá sentir-se a vontade.

Incentive sua mulher a frequentar academia. Se necessário use a desculpa da geração saúde.
Academia é o santuário da autoestima sexual. Seguido por ser um dos melhores lugares para ela despertar interesse por outros homens. Incentive-a usar roupas mais provocantes. Se puder, presenteie sua mulher.

 


Dê preferência por passeios de praia.

Local naturalmente de pouca roupa, a praia é ambiente mais propício para sua amada começar a fazer as pazes com o corpo que tem, tornando-se uma mulher mais solta. Logo ela reencontrará a vadia que dorme dentro dela. Dê a ela biquínis menores que ela costuma usar e vá diminuindo aos poucos. O ideal é vocês comprarem juntos. Quando ela já aceitar a ideia, dê um como os das fotos.







Conheça as cidades vizinhas.

Procure por barzinhos, lanchonetes e atrações que justifiquem um passeio. Estar fora da sua cidade, vai deixar sua amada mais tranquila para usar roupas mais sensuais e quem sabe aceitar ser mais ousada. 



Uma tática que sempre dá certo e manter uma pasta em seu computador com arquivos (fotos, vídeos e contos/relatos eróticos). Mostre a sua amada onde esta pasta está e como encontra-la. Diga que quando ela quiser, ela pode acessar.




Outra muito eficiente e que vai mexer com sexualidade e fantasias de sua amada: Tente trocar mensagem (celular/e-mail) de assuntos picantes, vá administrando as resposta e conduzindo sutilmente. Com sutileza, insira, insinue, provoque e leve a conversa para vocês dois revelarem fantasias.

Atenção: O importante não são as perguntas, mas o que você vai fazer com as respostas.


 




Termômetro.
Mostrar fotos e filmes em momentos íntimos ajudam muito, pois através dos comentários dela você vai saber qual a temperatura, qual evolução  e saberá se é hora de colocar mais “lenha na fogueira”.









Cada putinha tem seu próprio tempo. Não apresse nada. Tenha paciência, tenha timing na hora de puxar esse assunto com ela. Deixe-a pensar. 

Apressado come cru.
Vá com calma. 
Ser corno é uma arte.

3 - ARTE de CORNO

Seção "ARTE"
Aqui postaremos imagens tratadas como arte, desenhos do gênero cornal, coisas e situações que com bom humor ou mostrando a habilidade de quem sabe fazer arte.

Boa navegação!
revista central de corno manso news-revista central de corno manso news \o/ revista central de corno manso news-revista central de corno

Este mês trazemos uma historinha bem legal. De Corno Manso.. é claro!

É só abrir a primeira imagem e depois ir seguindo com a seta do mouse :-)














continua a edição do mês